Postagens populares

segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

Progressivas - O que pode e o que não pode!!!

Já é rotina na maioria dos salões os processos de alinhamento capilar mais conhecido como progressiva. Apesar de fazer parte da rotina da maioria dos cabeleireiros, muitas dúvidas ainda são colocadas pelos profissionais, quanto ao que pode e o que não pode em relação a este processo químico.

Vamos lá!!!

Primeiramente precisamos definir os conceitos sobre os tipos de alinhamentos presentes no mercado:
PROGRESSIVA - A escova progressiva é uma técnica utilizada para alisar os cabelos. Ela também ajuda a tratar e diminuir o volume dos fios. Ela é chamada ‘progressiva’ pelo efeito gradual que causa nos cabelos a cada aplicação: eles vão ficando progressivamente mais finos e menos cheios.
 SELANTE - É o tratamento de reconstrução interno dos fios e rigoroso fechamento das cutículas, através da utilização de vários ativos biotecnológicamente produzidos como: creatina, queratina, ceramidas, entre outros. Os resultados deste processo são: brilho, textura agradável ao toque, efeito anti - estático, além de também promover muita resistência aos fios, crescimento e luminosidade.
PLASTICA DOS FIOS - Tecnicamente, trata-se de um processo capaz de nutrir os cabelos profundamente,  capaz de repor a queratina e a proteína dos fios, agindo na sua estrutura interna.

BOTOX - O Botox Capilar nutre intensamente e ajuda a reconstruir os fios danificados, além de disciplinar os fios rebeldes, reduzindo o volume e o frizz.
Qual a melhor progressiva: Formol ou Ácido?
A ANVISA autoriza a inclusão de Formol nas formulações apenas como conservante. Algumas empresas utilizam o ácido fórmico somente para estabilizar o pH dos seus produtos, porém alguns fabricantes ou profissionais da área misturam uma quantidade elevada de Formol nas formulações para atingir um grau maior de alisamento, o que é proibido pela ANVISA. 
Em relação as progressivas ácidas, a ANVISA não autorizou no BRASIL o uso do Ácido Glioxílico, alegando que o produto se torna perigoso quando exposto a altas temperaturas. Atualmente foi liberado apenas a composição "Proliss 100" do laboratório ION. Esta formulação promete o alisamento gradual através da sinergia de dois ativos: "glioxiloil carbo.cisteína e glioxiloil aminoácidos". Vários Cosmetólogos garantem que a composição é 100% segura e não causa nenhum dano a saúde.
Portanto tomem muito cuidado!!! 
Basta colocar no Google: Uso do Formol em progressivas que você verá imagens como o exemplo abaixo:
Como identificar se a progressiva tem formol?
O Formol é altamente irritante, tanto nas vias aéreas, mucosa e pele. Seu vapor altamente toxico causa irritação imediata, portanto tanto o profissional quanto o cliente final conseguem perceber se o produto contem ou não formol. 
ATENÇÃO: É recomendado o teste de contato antes de qualquer aplicação química. Este procedimento é amplamente orientado durante a FORMAÇÃO DO PROFISSIONAL CABELEIREIRO!!!
É possível alisar os cabelos utilizando a progressiva ácida?
SIM!!!
O profissional deve conhecer bem o produto que está usando, conhecer o procedimento para aplicação, ter os acessórios (equipamentos) adequados e realizar uma anamnese completa do cliente. A Dwell´x vem oferecendo cursos aos profissionais da beleza, complementando o conhecimento já adquirido para oferecer excelência nos resultados das progressivas. Acesse nossa página no facebook e fique ligado na agenda de cursos em todo o Brasil!
https://web.facebook.com/dwellxcosmeticos
A progressiva ácida desbota a cor dos cabelos? Em cabelos loiros "amarela" os fios?
Em cabelos coloridos artificialmente (coloridos e descoloridos) o tom é revelado dentro do fio (nos casos de coloração permanente) e nas camadas das cutículas (no caso dos tonalizantes). Devido a composição ácida e o uso de equipamentos com altas temperaturas, há uma limpeza dos pigmentos revelados entre as camadas das cutículas dando a sensação de desbotamento da cor. 
É possível evitar o desbotamento ou o amarelamento dos fios utilizando produtos adequados durante o processo da progressiva, além de manter a temperatura ideal dos equipamentos (secador e prancha). A temperatura dos equipamentos não pode ultrapassar 200º C ou 310º Fahrenheit e durante o procedimento o profissional deverá fazer uso de máscaras para correção de cor.
Posso fazer progressiva em seguida de um processo de alisamento ou relaxamento?
Todos os processos químicos requerem um teste de contato. Segue abaixo a tabela de compatibilidade entre progressiva e outros processos químicos:

Qual o melhor tratamento para o cliente fazer em casa, para manutenção da progressiva?
Durante o processo de alinhamento capilar há uma perda significativa da oleosidade natural dos fios. Desta forma o melhor produto para manutenção da progressiva são linhas que oferecem hidratação e nutrição através de manteigas e óleos vegetais que devolvem a maleabilidade aos fios. A Dwell´x recomenda a linha Premium Hidratante que é rica em Manteiga de Cupuaçu, Manteiga de Karité, Óleo de Algodão, Elastina e Colágeno, Vitamina E e Aminoácidos.

A Dwell´x está preparada para oferecer aos profissionais cabeleireiros as melhores soluções para os processos de alinhamento capilar e manutenção. Entre em contato conosco através da nossa página:
www.dwellx.com.br 
Ou através de nosso telefone: 16 2133 6205
Será um prazer falar com você e esclarecer todas as duvidas!!!

Jhunyor Roshina
Técnico Master Dwell´x